Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Pelo interior de Caxias do Sul: Santa Lúcia do Piaí

Imagem
O localSanta Lúcia do Piaí é um distrito de Caxias do Sul. Distante cerca de 35 quilômetros do centro da cidade, a localidade já pertenceu a São Sebastião do Caí e a São Francisco de Paula, antes de se tornar um dos sete distritos caxienses. Recebeu este nome em homenagem à santa padroeira da comunidade, fazendo, também, menção ao Arroio Piaí, que corta a região. Embora seus principais acessos sejam pavimentados, talvez o mais belo e instigante seja pela estrada municipal que inicia na BR-116, na localidade de Vila Cristina e que margeia o Rio Caí por cerca de 15 quilômetros.
Este canto de Caxias do Sul foi colonizado por imigrantes europeus de diversas etnias. Primeiramente, por poloneses, os quais, segundo relatos de moradores locais, foi quase totalmente dizimada por uma epidemia de varíola, no final do século XIX. Depois, vieram os alemães e italianos.
Onde fica A comunidade de Santa Lúcia do Piaí fica a sudeste do centro e tem seus principais acessos através do Bairro Cruzeiro, …

Pelo interior de Caxias: Estrada do Imigrante - Terceira Légua

Imagem
O local Caxias do Sul é uma cidade com cerca de 500 mil habitantes e teve sua matriz na colonização italiana. Mais do que isso, a Capital da Serra Gaúcha é uma cidade industrial e (por que não?) turística. É o local onde a cultura italiana une-se perfeitamente com a cultura gaúcha, num casamento que reúne o folclore, a culinária, a eno cultura, dentre outros elementos que a tornam única. É no interior da cidade de pouco mais de 1600 Km² que a influência dos colonizadores oriundos, em sua maioria, da região do Vêneto se faz mais forte. A Estrada do Imigrante, que inicia junto à Rua Júlio Calegari, na Zona Sul de Caxias do Sul, é um exemplo disso. Trata-se de um roteiro turístico repleto de atrações e surpresas, que veremos a seguir.
Atualmente, o município de Caxias do Sul é composto por sete distritos. A divisão territorial em léguas ocorreu no século XIX, quando ainda era colônia, antes de ser anexado ao município de São Sebastião do Caí, como seu 5º distrito. A colônia media 17 lég…

Capital Nacional do Espumante: Garibaldi - RS

Imagem
O local: Com cerca de 30 mil habitantes, predominantemente de origem italiana, a bela e centenária cidade de Garibaldi, na Serra Gaúcha, ostenta o título de Capital Nacional do Espumante. Muito além disso, trata-se de uma cidade que nunca abandonou seus vínculos com o passado, época em que era chamada apenas de Colônia de Conde d'Eu, no século XIX. A entrada de Garibaldi já é uma atração a parte, fazendo alusão à bebida que a impulsionou, ao longo dos anos. O acesso principal da cidade sede da Fenachamp é florido e possui um belo pórtico que retrata bem a hospitalidade de seus habitantes. Cerca de 500 metros antes, uma garrafa de espumante gigante enfeita a margem da rodovia. 

Onde fica: Distante cerca de 120 quilômetros de Porto Alegre, a cidade de Garibaldi pode ser acessada pela BR-470, de Bento Gonçalves ou Carlos Barbosa; pela RS-453 (Rota do Sol), para quem vem do Vale do Taquari ou pela VRS-313, rodovia que passa em frente ao Parque da Fenachamp e por belas localidades do …

Salto Ventoso - Farroupilha, RS

Imagem
O local: Este é mais um daqueles lugares de encher os olhos, conhecido, talvez, apenas pela população local. Um parque com uma queda d'água formada por uma rocha vulcânica de pouco mais de 50 metros de altura. Este é o Salto Ventoso, um local excelente para relaxar, desfrutar de paisagens magníficas e recarregar suas baterias. Uma paisagem cinematográfica! Tanto que já foi utilizada como cenário do filme O Quatrilho, de 1994, e a série O Quinto dos Infernos, de 2002. Onde fica: O Parque do Salto Ventoso está localizado no interior do município de Farroupilha, há cerca de 14 quilômetros do centro da cidade. Para chegar até lá, partindo do centro, toma-se a Rua Thomás Édson e depois a Rua Machadinho. Alguns quilômetros à frente, ela se torna estrada municipal e possui cerca de 4,5 quilômetros de pavimentação asfáltica.  O trecho de 8 quilômetros sem pavimento deixa a desejar, mas como chegamos lá com um veículo que não é Off Road, é trafegável. Ver detalhes

O que fazer: Pouco antes…