Você sabia?

Os primeiros dinossauros:

Há fortes indícios de que os dinossauros surgiram na região hoje ocupada pelo Rio Grande do Sul, Uruguai e norte da Argentina. Recentemente, foram descobertos em São João do Polêsine, restos mortais do que deve ter sido um dos precursores dos dinossauros: um animal de cerca de 50 cm de altura e dentes afiados. São João do Polêsine, no centro do estado do Rio Grande do Sul, é um local importante para a Paleontologia. Pertence à região denominada de Quarta Colônia, menção dada pelo fato de ter sido a quarta região onde imigrantes europeus, principalmente italianos, se instalaram.
Fonte: Geoparque Quarta Colônia.
...

Imigrantes europeus no sul:

Falando em imigração italiana no Brasil, foi no território, hoje pertencente à Farroupilha, que os primeiros imigrantes italianos vindos ao sul do país se instalaram. Em meados de 1875, as famílias Radaelli, Crippa e Sperafico se estabeleceram no local onde hoje é o Distrito de Nova Milano.
...

Revolução Farroupilha:

Ainda falando em imigrantes italianos e Farroupilha, um dos principais personagens da Revolução Farroupilha, maior revolta armada da história do Rio Grande do Sul, foi exatamente um imigrante italiano: Giuseppe Garibaldi, que liderou a revolta em seu desmembramento, no estado de Santa Catarina.
...

Os primeiros vinhos brasileiros:

Ao contrário do que se pensa, o vinho não foi introduzido no Rio Grande do Sul por imigrantes italianos. Foram os padres jesuítas, no século XVII, os primeiros a produzirem vinhos em território gaúcho, para serem utilizados em rituais católicos. O vinho era produzido na região das Missões.
...

O maior e o menos município gaúcho:

O maior município em extensão do Rio Grande do Sul é Alegrete, com cerca de 7.800 Km². Para se ter uma ideia, o Distrito Federal possui área de pouco mais de 5.800 Km². O menor município gaúcho é Esteio, com pouco mais de 27 Km².
...

O ponto mais alto:

O ponto mais alto do Rio Grande do Sul é o Pico Monte Negro, localizado em São José dos Ausentes, com cerca de 1410 metros acima do nível do mar, enquanto que o mais alto do Sul do Brasil é o Pico Paraná, com 1.877 metros. Como não existem depressões absolutas no Brasil, o ponto mais baixo é o próprio litoral.
...

A maior laguna:

O Rio Grande do Sul possui as maiores lagoas do Brasil. A Lagoa dos patos, com mais de 10.000 Km² de superfície, é a maior delas e é considerada uma laguna. Depois vem a Lagoa Mirim, com cerca de 3.700 Km², sendo que uma parte dela ocupa também o território uruguaio.
...

A praia mais extensa:

Também é gaúcha a praia mais extensa do mundo. Com uma orla de cerca de 135 Km, A Praia do Hermenegildo, localizada no município de Santa Vitória do Palmar. A Praia do Cassino, em Rio Grande, é pouco menor, com seus 119 Km de extensão.
...

A maior cachoeira longitudinal:

O Salto Yucumã, localizado no Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas, é a maior cachoeira em extensão longitudinal do mundo, com cerca de 1.800 metros de largura, o salto é formado pelas águas do Rio Uruguai que caem em uma fenda na rocha, cuja profundidade ultrapassa os 100 metros.
Fonte: Portela on line.
...

O maior produtor de vinhos:

O município que mais produz vinhos no Brasil é Flores da Cunha. Ao contrário do que apontam os instrumentos de pesquisa na internet, que indicam Bento Gonçalves como maior produtor de vinhos, este, na verdade, é o segundo maior. Flores da cunha, na serra Gaúcha, produz 80 mil toneladas de uva por ano. Cerca de 80% disso são transformados em vinhos e sucos. Entretanto, Flores da Cunha compra uva de municípios vizinhos para abastecer as 160 vinícolas da cidade. Um município de 30 mil habitantes, possui uma vinícola para cada 188 habitantes.
...

Proibido falar:

Durante a Segunda Guerra Mundial, após o Brasil declarar guerra à Alemanha e países do Eixo, imigrantes alemães e italianos ficaram proibidos de falar seus idiomas de origem. Getúlio Vargas, então, presidente da República, através do Decreto Lei nº383, de 18 de abril de 1938, proibia que idiomas dos países do eixo fossem falados no país. O time do Palmeiras, que até então, tinha o nome de Palestra Itália, teve que mudar de nome em virtude do decreto.
...

Êxodo europeu no Brasil:

Entre a segunda metade do século XIX e início do século XX, o Brasil recebeu cerca de 3 milhões de imigrantes europeus. Desses, 42% eram italianos. Após a Revolução Industrial, a Europa praticamente aposentou o sistema feudal. A produção industrial acabou com a renda de muitos camponeses, que tiravam seu sustento do artesanato e da pequena produção rural. A miséria e a ruína foi a realidade de muitas famílias europeias, forçando-os a buscar novos horizontes de trabalho. Os imigrantes que se instalaram no Brasil eram, na sua maioria, pobres e analfabetos. Eles foram iludidos com histórias de que a América era uma terra tão farta, que iriam chegar aqui e ter uma mesa posta a sua espera, ferramentas para o trabalho e até salames nas árvores. Entretanto, o que encontraram foi vales e montanhas cobertos por mata fechada, onças e outros animais selvagens. Não havia estradas e nem civilização em alguns locais. A determinação e bravura desses povos culminou na fundação de diversas cidades do sul do país.
...

A primeira e a última:

Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo e Santo Antônio da Patrulha são as cidades mais antigas do Rio Grande do Sul. Elevadas em 1809, da categoria de vilas a cidades. Já o município mais jovem do estado é Pinto Bandeira, emancipado em 2013, antes era Distrito de Bento Gonçalves. A lista completa de municípios gaúchos, organizados em ordem de data de fundação, encontra-se em Wikipedia.

Comentários

Posts mais populares

Casa De Bona: cenário de cinema em Farroupilha, RS

Goio-Ên: RS - SC

Caminhos de Pedra: uma casa na árvore e um café com mirante na Itália brasileira