Apresentação

Parafraseando a célebre frase do poeta lusitano Fernando Pessoa, "Viajar é preciso"! Pensando nisso, criei este espaço, com o objetivo simples, não de criar um diário de viagens e torná-lo público, mas de instigar o leitor a descobrir novas paisagens, novos costumes, novos "Brasis", sempre valorizando nossos pontos turísticos regionais! E não há jeito mais formidável de conhecer lugares do que com seus próprios olhos, ao invés de conhecê-los através de uma tela ou página de revista. O nosso país é rico em belezas naturais, como poderemos conferir ao longo das diversas postagens. Ao contrário do que se pensa sobre viajar, isto não é um privilégio dos mais abastados. E não é necessário visitar lugares famosos, hospedar-se em hotéis pomposos para aproveitar a vida. Ao avaliar os custos acumulados com passagens aéreas, hotéis, táxis e guias, dentre outros, isso realmente encarece qualquer viagem. Entretanto, todos os destinos citados neste blog foram acessados pelo solo, de carro ou de moto. Destinos, por vezes, desconhecidos por não serem divulgados e,  mesmo assim, exuberantes.Certa vez, ao procurar informações sobre um destino turístico do sul do país, acessei diversos blogs e demorou até eu encontrar o que procurava. O que percebi é que a maioria dos blogs de viagem são voltados para turismo internacional, caro e inacessível para 90% da população brasileira. Isso me estimulou a criar este blog, com informações que vão direto ao ponto. Em nossas postagens, 3 perguntas são feitas:1 - Como é o local?2 - Onde fica?3 - O que fazer?Respondendo a estas 3 perguntas de forma clara e objetiva, o leitor terá informações suficientes para realizar um passeio sem contratempos ou decepções.O nosso itinerante começa pelo Sul do Brasil, pois nada melhor do que começar desbravando o quintal de casa!O "vício" por estrada, por passeios, por viagens fica evidente quando você se depara com um roteiro curto e não se sente saciado. É contagioso. Hoje em dia, ao chegar o final de semana, meus filhos me perguntam:-Onde iremos hoje, pai?Trata-se de um vício saudável, pois nos instiga a sair da frente da televisão e ir conhecer o mundo lá fora.Notem nas postagens deste blog a ausência "selfies",  pois priorizo as atrações turísticas em si. Estive em todos os locais abordados, tanto que as descrições presentes nos artigos são originais e com nível de detalhamento que só alguém que presenciou pode fazer. Quando retirados de fôlder turístico, a identificação constará logo após a informação extraída. Além disso, há algumas fotos com as minhas crianças se divertindo nos locais que visitamos. Prefiro capturar a espontaneidade deles, pois ela se funde aos encantos e belezas naturais.Quero deixar bem claro que o objetivo do site é mostrar atrações turísticas, opções de passeios curtos e de baixo custo, a fim de tornar os finais de semana dos leitores mais prazerosos, além de estimular o turismo local. Não tenho o objetivo de mostrar o que faço ou como eu vivo. Se você está procurando isso, sugiro que busque um blog que aborde temas comportamentais. Como o foco está nos pontos turísticos ou com potencial para o turismo, não exibo autorretratos, até porque não sou nenhum ponto turístico!Este Blog possui uma abordagem intermediária entre o técnico e o pessoal, mas nunca utilizo verbos que exprimam sensações particulares para descrever um local. Expressões do tipo "amei" ou "as crianças curtiram" não são utilizadas. As descrições são realizadas por meio de adjetivos, deixando o leitor em sua plena liberdade para trabalhar suas sensações diante das belas paisagens. Toda a produção publicada neste blog, exceto mapas, é própria do autor, ou seja, não há compartilhamento de material ou fotos de terceiros. Quanto aos mapas, eles contém legenda com fonte, geralmente Google Maps.Para ver todos os locais visitados, clique em Locais, no menu superior. Lá, você encontrará todos os locais, cidade por cidade e suas respectivas descrições.
Então, desejo a todos uma boa leitura e um bom passeio!


Sobre o Autor


Meu nome é Luiz Fernando Diettrich, sou engenheiro civil e cresci ouvindo frases do tipo: "não há nada de bom para ver aqui" ou "esta região só serve para trabalhar, não para passear". Para contrariar estas ideias equivocadas, criei este espaço, a fim de mostrar às pessoas que há, sim, lugares interessantes para visitar e que eles podem ser opções de passeios curtos e de baixo custo.
Defendo a ideia de que você não precisa trabalhar o ano inteiro para pagar uma única viagem de férias, distante e cara. Existe vida além das férias e irei mostrar através das postagens deste blog. 

Comentários

Posts mais populares

Casa De Bona: cenário de cinema em Farroupilha, RS

Goio-Ên: RS - SC

Caminhos de Pedra: uma casa na árvore e um café com mirante na Itália brasileira