Dez destinos incríveis gratuitos na Serra Gaúcha

Como eu havia dito anteriormente, nem tudo o que é bom deve, obrigatoriamente, ser pago ou comprado, afinal, a natureza nos foi concedida de maneira gratuita. Embora viajar não seja de graça, pois tem o custo de deslocamento, há locais muito interessantes por aí, que não possuem taxa de visitação. Por se tratar de uma região famosa pelas belas paisagens e também pelo alto custo, resolvemos listar 10 lugares fascinantes da Serra Gaúcha, cuja visitação é gratuita e não requer agendamento. Talvez a lista sirva para lhe inspirar e formatar o roteiro do seu próximo passeio. Você irá se surpreender. Vamos lá?
Serra Gaúcha

1 - Monumento aos Irmãos Bertussi

Monumento aos Irmãos Bertussi, Criúva, Caxias do Sul

Localizado em Criúva, na comunidade de São Jorge da Mulada, em Caxias do Sul, Monumento aos Irmãos Bertussi é uma homenagem aos irmãos precursores da música tradicionalista gaúcha. Além de imponente, o monumento localiza-se em meio a uma paisagem deslumbrante dos Campos de Cima da Serra, formada de coxilhas, araucárias e a vegetação rasteira, típica dos pontos mais altos do Sul do Brasil. Por ser um local público, a visitação é gratuita e não requer agendamento. Reserve um tempo em sua agenda para visitar este lugar magnífico.

2 - Gruta de Nossa Senhora de Lourdes

Gruta de Nossa Senhora de Lourdes da Terceira Légua, Caxias do Sul

A Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, na Terceira Légua, interior de Caxias do Sul, é um daqueles lugares que reúnem religiosidade, belezas naturais e o sossego do interior. Trata-se de uma formação rochosa de origem vulcânica, na encosta da Serra Gaúcha, em forma de uma grandiosa gruta, que de tão grande, abriga uma igreja ao ar livre, com bancos e altar, onde são realizadas celebrações religiosas, aos finais de semana. O acesso se dá por uma longa escadaria. Se você estiver disposto, pode percorrer uma trilha que conduz a uma bela cascata, com cerca de 50 metros de altura, em meio à mata nativa.

3 - Cânion Fortaleza

Cânion Fortaleza, Cambará do Sul, RS

Um dos pontos turísticos mais espetaculares do Brasil, o Cânion Fortaleza, localizado nas dependências do Parque Nacional da Serra Geral, em Cambará do Sul, é uma imponente formação rochosa, cujo ponto mais profundo possui cerca de 1200 metros de desnível, entre o topo e o talvegue. Para turistas que buscam aventura, trilhas e paisagens de tirar o fôlego, este é um prato cheio! Junto ao cânion, há diversas trilhas que dão acesso a um mirante, uma cachoeira e à famosa Pedra do Segredo, que desafia a gravidade, ficando praticamente equilibrada sobre uma superfície estreita. Há trilhas com nível de dificuldade baixo, médio e alto. Os últimos 8 quilômetros da estrada de acesso são uma aventura a parte. O horário limite para ingresso no Parque Nacional da Serra Geral é 16:00, durante o inverno, época que escurece mais cedo e 17:00 no horário de verão.

4 - Mirante Gelain

Mirante Gelain, Flores da Cunha

Um dos destinos menos conhecidos da lista, o Mirante Gelain localiza-se na Linha 40, interior de Flores da Cunha, há cerca de 13 quilômetros do centro da cidade. No local, o visitante conta com as belezas naturais típicas da região, além de uma vista incrível do vale do Rio das Antas e da Cascata Bordin, ao lado. O mirante localiza-se dentro de uma propriedade particular, porém, é aberta à visitação diariamente, das 08:00 às 17:00. Mas atenção, é proibido acessar o local com bebidas alcoólicas, segundo consta na placa de advertência, na entrada do mesmo. O negócio aqui é relaxar e curtir a natureza!

5 - Labirinto Vivo

Labirinto Vivo, Nova Petrópolis

Localizado junto à Praça das Flores, no Centro de Nova Petrópolis, o Labirinto Vivo é uma das  atrações mais tietadas da cidade conhecida como Cidade Jardim da Serra Gaúcha. Além de uma curiosa atração, há um divertido desafio de chegar ao centro do labirinto. Normalmente, quem cumpre o desafio e chega ao centro do labirinto faz pose e tira algumas fotos. O Labirinto Vivo é aberto ao público e não tem restrição de horário de visitação.

6 - Parque da Gruta

Parque da Gruta, Otávio Rocha, Flores da Cunha

Um lugar bonito, organizado e com uma cascata sobre uma gruta. Este lugar encontra-se em Otávio Rocha, interior de Flores da Cunha e é zelado pela associação de moradores de lá. O Parque da Gruta, além do sossego e natureza exuberante, possui uma estrutura para melhor recepcionar os visitantes. A visitação é gratuita, porém, há uma taxa para a utilização das churrasqueiras. De qualquer forma, uma ótima opção para o seu lazer e de toda sua família.

7 - Lago Negro

Lago Negro, Gramado

Um dos destinos mais tradicionais e charmosos de Gramado, o Lago Negro é um lago artificial dentro de uma reserva de araucárias. Junto ao lago, encontra-se bares, restaurantes e lojas em geral, além do belo Parque Alemanha Encantada. No lago, são oferecidos passeios de pedalinho. Vale lembrar que o acesso ao parque é gratuito, mas o passeio de pedalinho não. Caminhar no entorno do Lago Negro é, sem dúvida, uma ótima opção de lazer, além de fazer muito bem para a saúde.

8 - Cristo Redentor

Cristo Redentor, Guaporé

Assim como o mundialmente famoso Cristo Redentor, no alto do Corcovado, no Rio de Janeiro, o de Guaporé, na Serra Gaúcha, também localiza-se no alto de um morro, no caso, o mais alto da cidade, local que possibilita uma vista incrível, além de um clima de paz e sossego. O Cristo Redentor de Guaporé localiza-se há cerca de 680 metros de altitude e há pouco mais de 3 quilômetros do centro da cidade. A subida até o Cristo, que pode ser visto da rodovia, é íngreme, mas é pavimentada e curta, por isso, é percorrida a pé por fiéis e também por quem busca exercícios físicos em contato com a natureza. Talvez não seja tão glamouroso quanto o carioca, mesmo assim, o Cristo Redentor de Guaporé é uma ótima opção de passeio e o melhor de tudo: gratuito!

9 - Cascata da Usina Velha

Cascata da Usina Velha, Veranópolis

Não por acaso Veranópolis é a Terra da Longevidade. Terra das macieiras, dos vinhos e de belíssimas paisagens certamente oferece alta qualidade de vida! As cascatas fazem parte da paisagem desta pequena cidade da Serra Gaúcha. Uma das mais belas é a Cascata da Usina Velha, localizada no interior do município, há 5 quilômetros do centro. O caminho se dá por uma estradinha estreita e sem pavimento, com cerca de 2 quilômetros, mas trafegável por qualquer veículo que não seja off road. A recompensa pelo caminho um tanto tortuoso é garantido.

10 - Mirante Belvedere Sonda

Belvedere Sonda, Nova Pádua

Localizado junto a um restaurante, o Belvedere Sonda é um dos principais pontos turísticos da encantadora Nova Pádua. O Restaurante Panorâmico Belvedere Sonda foi construído na borda de um vale com cerca de 400 metros de profundidade, por onde passam as águas do Rio das Antas e oferece, em seu cardápio, o que há de melhor na culinária italiana, além da vista de tirar o fôlego! O mirante, posicionado do lado de fora do restaurante, é aberto à visitação, mesmo quando o este estiver fechado.





Pesquise e reserve sua vaga em hotéis e pousadas para sua próxima viagem em:














Comentários

Posts mais populares

Casa De Bona: cenário de cinema em Farroupilha, RS

Goio-Ên: RS - SC

Caminhos de Pedra: uma casa na árvore e um café com mirante na Itália brasileira