MARCADORES

Mostrar mais

Forquetinha: o Vale Encantado

O local:

Willkommen in Forquetinha: é o que diz a placa de boas vindas, na entrada da cidade. Forquetinha é um pequeno município, com pouco menos de 3 mil habitantes, localizado às margens do arroio que leva o mesmo nome. E foi exatamente o solo fértil deste belo vale que atraiu os primeiros colonizadores germânicos, ainda no século XIX. Hoje, seus descendentes representam 98% da população da cidade.
Os traços germânicos são mais do que evidentes para quem visita a cidade pela primeira vez, ao se deparar com casas e prédios públicos em estilo enxaimel, ou Fachwerk, como é chamada esta técnica construtiva no dialeto falado na região de Hunsrück.
A verdade é que, ao chegar nesta pacata cidade pela primeira vez, a impressão que dá é a de estar entrando em um local encantado, onde as hortaliças se desenvolvem com facilidade, no solo fértil da região, ou onde as vaquinhas pastam tranquilamente, no pasto ao lado do centro da cidade num ambiente que respira o bucolismo.
A cidade de Forquetinha detém alguns números interessantes, como o de ser o segundo município gaúcho mais eficiente em gestão fiscal e o 27º no Brasil, segundo dados levantados pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Isso se dá pela folha de pagamento enxuta, associada a programas eficientes de gestão, como o inovador Saúde em sua Casa, que leva o atendimento de profissionais da saúde na casa dos munícipes. Oficialmente, o município se declara bilíngue, uma vez que o Alemão, idioma trazido pelos imigrantes, também é ensinado nas escolas.
Prefeitura Municipal de Forquetinha, RS

Onde fica:

Forquetinha localiza-se na região chamada de Vale do Taquari, há 20 quilômetros de Lajeado, cidade referência. A distância até a capital é de 132 quilômetros. O acesso a Forquetinha se dá pela RS-424, tanto de Lajeado, quanto do município de Canudos do Vale, cidades vizinhas a leste e oeste, respectivamente. O acesso principal é o trevo nas proximidades do Km 337 da BR-386, entre Lajeado e Marques de Souza, onde há um belo e estiloso pórtico. Ver detalhes 

O que fazer:

O trajeto entre Lajeado e Forquetinha é marcado por belas paisagens rurais e alguns casarões antigos, vestígios da imigração germânica na região.
Cemitério da cidade

A casa onde funciona a Emater também segue o padrão arquitetônico enxaimel.
Casa onde funciona a Emater

Alguns prédios públicos, como o desta escola de educação infantil, parecem até ter saído de um conto de fadas.
Escola de educação infantil de Forquetinha, RS

Detalhes, como o ponto de ônibus estilizado e o banco da praça com cobertura de cipreste enriquece a bela praça, um dos cartões postais da cidade.
Praça de Forquetinha, RS

A Praça Dep. Júlio Redecker é florida e bem ornamentada. 
Praça de Forquetinha, RS

Neste edifício, que mais parece um castelinho em estilo enxaimel, junto à praça, funciona a Secretaria Municipal da Saúde de Forquetinha.
Prédio público de Forquetinha, RS

No final da Rua Friedrich Juchum, em um dos pontos mais altos da cidade, encontra-se a Prefeitura Municipal, que funciona neste belíssimo edifício. Não só um prédio público, mas também uma das atrações da cidade.
Prefeitura Municipal de Forquetinha, RS

O prédio impressiona pela beleza e riqueza de detalhes. Do alto do mesmo morro, ainda tem-se uma bela vista da cidade e de parte do vale.
Prefeitura Municipal de Forquetinha, RS

Quase em frente à Prefeitura, algumas vacas pastam tranquilamente, algo que só podemos no interior.
Bela vista da cidade de Forquetinha, RS

E a paisagem, que já é bonita, fica ainda mais bela com o entardecer. 
Entardecer na praça de Forquetinha, RS

A mamãe quero-quero, que cuidava de seu ninho, no meio da praça, com seu olhar de advertência, foi flagrada enquanto chamava reforços, observando a movimentação no entorno. A vida aqui é tão tranquila que ela, certamente, não poderia escolher melhor lugar para botar seus ovos! Não se preocupem, não a perturbamos, a única coisa que se aproximou da mamãe quero-quero foi o zoom da câmera.
Mamãe quero-quero na praça

Enfim, esta simpática cidadezinha do Vale do Taquari, está entre as mais europeias cidades brasileiras. Neste caso, em específico, não só pela arquitetura germânica e paisagens rurais, mas também pelos números, semelhantes aos de um país de Primeiro Mundo. Uma cidade acolhedora e com fortes laços com seu passado, o que lhe garante esta identidade.
A cidade também conta com um camping, às margens do Arroio Forquetinha, o Camping Schedler, que é uma ótima opção de lazer. O Jeep Clube de Forquetinha,  além de ser um clube para fãs de trilhas e veículos Off Road, promove eventos periodicamente. A feira Forquetinha Expofest, que ocorre nos anos ímpares, no mês de novembro, é a festa típica que reúne a produção e a identidade da cidade. A página oficial de turismo da cidade é  http://www.forquetinha.rs.gov.br/turismo.
Acesse também nossa página no Facebook e confira mais fotos deste e de diversos outros lugares incríveis da nossa região.
Se você gostou desta matéria, clique no link na parte superior de sua tela, inscreva-se no site e receba novidades sobre turismo regional semanalmente. Se você não conhece Forquetinha, visite-a. Você irá se apaixonar!


Até a próxima!



Ir ao Resumo




Pesquise e reserve sua vaga em hotéis e pousadas para sua próxima viagem em:







Comentários

Posts mais populares

Casa De Bona: cenário de cinema em Farroupilha, RS

Goio-Ên: RS - SC

Caminhos de Pedra: uma casa na árvore e um café com mirante na Itália brasileira