Linha Brasil: Pedras do Silêncio

O local:

A Linha Brasil, no interior do município de Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, compõe juntamente com a Linha Nove Colônias, a Rota Caminhos Germânicos. Trata-se de um roteiro em que o contato com a natureza é o principal objetivo. Mas esta rota possui também uma atração cultural muito especial, afinal, pedras não falam, mas podem contar muitas histórias silenciosamente! O Parque Pedras do Silêncio é só mais uma das inúmeras atrações da cidade de Nova Petrópolis. Localizado na Linha Brasil, o parque, através de uma bela sequência com mais de 80 esculturas entalhadas em arenito, conta a história dos imigrantes alemães que desbravaram a região ao longo do século XIX.
O parque foi inaugurado em 2014 e levou cerca de 300 toneladas de arenito, rocha abundante na região do Vale do Caí e Vale do Paranhana. As esculturas foram cuidadosamente moldadas pelos escultores gaúchos Cristóvão Hullen, Rogério Bertoldo e Rodrigo Azevedo. O nome dado ao parque vem do fato de estar contando a história sem palavras, com silenciosas esculturas que retratam o cotidiano dos imigrantes germânicos.
Na entrada da sede da Linha Brasil, placas e a escultura de um homem serrando lenha recepcionam os visitantes.  

Placa e escultura na entrada de Linha Brasil, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Onde fica:

A Linha Brasil localiza-se há cerca de 13 quilômetros do centro de Nova Petrópolis, sentido a Gramado, pela RS-235. A Rua Emílio Dinnebier Filho, que inicia no entroncamento com a RS-235, atravessa a comunidade e dá acesso às principais atrações da região: o Parque Pedras do Silêncio e a rota que circula a Pedra Malakoff. Ver detalhes

O que fazer:

Na entrada da Linha Brasil, há uma bela igreja Evangélica Luterana, construída em pedra.
Igreja Luterana em Linha Brasil, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Alguns metros, após entrar na Rua Emílio Dinnebier Filho, chegamos ao Parque Pedras do Silêncio, que tem, em sua entrada, uma casa em estilo enxaimel, além de uma bela paisagem das montanhas da Serra Gaúcha ao fundo.
Parque Pedras do Silêncio, Linha Brasil, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

O bucolismo está presente e funde-se às belezas naturais do local, formando uma belíssima paisagem rural.
Parque Pedras do Silêncio, Linha Brasil, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

As casas em estilo enxaimel são a marca registrada dos povos germânicos que colonizaram a região e embelezam ainda mais o parque. 
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Na entrada, fomos recepcionados por simpáticos anfitriões, que explicam tudo sobre o parque. O ingresso custa R$25,00 por pessoa. Ali, pode-se optar pelo passeio com ou sem guia. As esculturas estão distribuídas em toda área do parque, posicionadas em sequência, ao longo de uma trilha e agrupadas por tema. Elas impressionam pela riqueza de detalhes.
Parque Pedras do Silêncio, Linha Brasil, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Estas esculturas em forma de quadro contam a história dos primeiros imigrantes, desde a travessia do Oceano Atlântico, em busca do Novo Continente.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A cultura é retratada em diversas esculturas, como esta do gaúcho com a cuia de chimarrão.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

O trabalho árduo dos imigrantes, como a da vovó retirando o pão do forno de barro, é um dos principais assuntos contados silenciosamente pelas esculturas de arenito.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Além das esculturas, há esmero também no paisagismo do parque, que valoriza elementos naturais do local.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Há um grupo de esculturas que retratam as profissões da época dos imigrantes.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Algumas são verdadeiras caricaturas de personalidades que ajudaram a moldar a cidade e a região. Os povos que moravam aqui antes da chegada dos europeus não foram esquecidos.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A escultura do garoto no carrinho de lomba é uma das mais sensacionais do parque.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A família de agricultores foi homenageada em uma grande escultura, no centro do parque.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Animais nativos da região, alguns praticamente extintos, também foram moldados em rocha e ornamentam um ponto mais arborizado do parque. Tem onça, javali, cotia, aves de diversas espécies, répteis, dentre outros.
Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A natureza também se faz presente em sua forma natural. 
Quero-quero

O site do Parque Pedras do Silêncio é http://www.pedrasdosilencio.com.br/. A página no Facebook é www.facebook.com/esculturasparquepedrasdosilencio/. Antes de visitar o parque, consulte horário de funcionamento e disponibilidade de passeios guiados para grupos.
O passeio pela Linha Brasil continua, seguindo pela Rua Emílio Dinnebier Filho, no sentido ao interior da localidade. Não há muitas placas indicativas, mas para chegar à Pedra Malakoff, é fácil, pois a estrada de acesso não tem ramificações. Trata-se de um local repleto de belas paisagens e cenas bucólicas.  
Paisagem rural no interior de Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A estradinha é estreita e sem pavimento, mas a paisagem encanta.
Bela paisagem no interior de Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

A vista da Pedra Malakoff, do outro lado do Rio Caí, é o de uma pedra chapada e já é sensacional.
Vista da Pedra Malakoff, interior de Nova Petrópolis

Aos pés da montanha de rocha maciça, percebe-se que é uma formação imponente. A estrada que passa em frente a diversas propriedades rurais do interior de Linha Brasil circula a pedra gigante e permite sua observação em diversos ângulos diferentes. Para quem gosta de um passeio mais radical, há uma trilha que conduz até a parte superior da pedra e permite uma vista incrível. Na ocasião, o tempo estava chuvoso, então deixamos esta parte para outro dia.
Pedra Malakoff, Nova Petrópolis, Serra Gaúcha

Há grupos que promovem passeios de veículos 4X4 pela rota Caminhos Germânicos, da qual faz parte a Linha Brasil. Mesmo assim, para conhecer a Pedra Malakoff, um carro comum ou moto é o suficiente. No dia da visita, não contávamos com veículo de tração nas 4 rodas e não tivemos nenhum contratempo. Até choveu durante o passeio, mas a estradinha é razoável e não tem pontos de atoleiro.
Pedra Malakoff, interior de Nova Petrópolis

Agradecemos à equipe do Parque Pedras do Silêncio pela cordial recepção, contribuição essencial para um bom passeio! Para mais informações sobre roteiros turísticos em Nova Petrópolis, acesse os demais artigos publicados neste blog relacionados à cidade em https://viciadosemestrada.blogspot.com.br/search/label/Nova%20Petr%C3%B3polis.
O site oficial do município também traz diversas informações sobre os roteiros turísticos: http://www.novapetropolis.rs.gov.br/servicos_int.php?tipo=4.
Para ver mais fotos deste e de outros lugares incríveis da nossa região, acesse nossa página no Facebook: www.facebook.com/viciadosemestrada.

Até a próxima!




Pensou em passar alguns dias na região? Reserve aqui seu hotel ou pousada:




Comentários

Posts mais populares

Casa De Bona: cenário de cinema em Farroupilha, RS

Goio-Ên: RS - SC

Caminhos de Pedra: uma casa na árvore e um café com mirante na Itália brasileira